Projeto ‘Beleza que se vê’ oferece curso gratuito de automaquiagem para deficientes visuais

beleza que se ve 719x357 - Projeto 'Beleza que se vê' oferece curso gratuito de automaquiagem para deficientes visuais

beleza que se ve - Projeto'Beleza que se vê' oferece curso gratuito de automaquiagem para deficientes visuais

 

Inscrições estão abertas até 13 de junho. ‘Beleza que se vê’ também vai oferecer profissionalização em massagem para todas mulheres.

 

Com o intuito de melhor a autoestima de mulheres com deficiência visual, o projeto “Beleza que se vê” oferece um curso gratuito de automaquiagem no Distrito Federal.

A oficina será realizada durante a feira Hair Brasília and Beauty, entre 14 e 16 de julho, mas as inscrições para o curso já estão abertas abertas e seguem até 13 de julho.

Para participar, é preciso reservar uma vaga por telefone com a maquiadora Andréa Andrade, idealizadora do projeto (veja contato ao final).

Além das aulas de maquiagem, o “Beleza que se vê” prevê cursos de profissionalização em massagens e palestras motivacionais para todas as mulheres.

“Percebemos que a questão da autoestima era bem mais complexa e, por isso, o projeto se estendeu a todas as mulheres que necessitavam se sentir mais seguras”, explica Andréa Andrade.

“Recebemos mulheres deficientes visuais, obesas, deficientes físicas, vítimas de câncer, dentre outras interessadas.”
A entrada na feira Hair Brasília and Beauty é livre a partir da doação de um quilo de alimento não perecível e pré-cadastro pelo aplicativo Kadde Beauty.

Programe-se
‘Beleza que se vê’

Data: 14 a 16 de julho
Hora: 12h às 21h
Local: Hair Brasília and Beauty 2019 – área externa do Estádio Nacional Mané Garrincha
Inscrições: pelo telefone 99969-4122 (Andréa Andrade)
Gratuíto

0 comments on “Projeto ‘Beleza que se vê’ oferece curso gratuito de automaquiagem para deficientes visuaisAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir
Precisa de ajuda?